segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Blogueiros aprovam a Carta Foz do Iguaçu

O 1º Encontro Mundial de Blogueiros, realizado em Foz do Iguaçu (Paraná, Brasil), nos dias 27, 28 e 29 de outubro, confirmou a força crescente das chamadas novas mídias, com seus sítios, blogs e redes sociais. Com a presença de 468 ativistas digitais, jornalistas, acadêmicos e estudantes, de 23 países e 17 estados brasileiros, o evento serviu como uma rica troca de experiências e evidenciou que as novas mídias podem ser um instrumento essencial para o fortalecimento e aperfeiçoamento da democracia.

Como principais consensos do encontro – que buscou pontos de unidade, mas preservando e valorizando a diversidade –, os participantes reafirmaram como prioridades:

- A luta pela liberdade de expressão, que não se confunde com a liberdade propalada pelos monopólios midiáticos, que castram a pluralidade informativa. O direito humano à comunicação é hoje uma questão estratégica;

- A luta contra qualquer tipo de censura ou perseguição política dos poderes públicos e das corporações do setor. Neste sentido, os participantes condenam o processo de judicialização da censura e se solidarizam com os atingidos. Na atualidade, o WikiLeaks é um caso exemplar da perseguição imposta pelo governo dos EUA e pelas corporações financeiras e empresariais;

- A luta por novos marcos regulatórios da comunicação, que incentivem os meios públicos e comunitários; impulsionem a diversidade e os veículos alternativos; coíbam os monopólios, a propriedade cruzada e o uso indevido de concessões públicas; e garantam o acesso da sociedade à comunicação democrática e plural. Com estes mesmos objetivos, os Estados nacionais devem ter o papel indutor com suas políticas públicas.

- A luta pelo acesso universal à banda larga de qualidade. A internet é estratégica para o desenvolvimento econômico, para enfrentar os problemas sociais e para a democratização da informação. O Estado deve garantir a universalização deste direito. A internet não pode ficar ao sabor dos monopólios privados.

- A luta contra qualquer tentativa de cerceamento e censura na internet. Pela neutralidade na rede e pelo incentivo aos telecentros e outras mecanismos de inclusão digital. Pelo desenvolvimento independente de tecnologias de informação e incentivo ao software livre. Contra qualquer restrição no acesso à internet, como os impostos hoje pelos EUA no seu processo de bloqueio à Cuba.

Com o objetivo de aprofundar estas reflexões, reforçar o intercâmbio de experiências e fortalecer as novas mídias sociais, os participantes também aprovaram a realização do II Encontro Mundial de Blogueiros, em novembro de 2012, na cidade de Foz do Iguaçu. Para isso, foi constituída uma comissão internacional para enraizar ainda mais este movimento, preservando sua diversidade, e para organizar o próximo encontro.

Saldo do Encontro Mundial de Blogueiros: Foz na luta pela liberdade de expressão

O último debate do 1° Encontro Mundial de Blogueiros explorou o tema da regulamentação dos meios de comunicação na América do Sul e a luta por liberdade de expressão. Sem a presença do ministro das Comunicações Paulo Bernardo, a mesa foi composta por Damian Loreti, membro da comissão que elaborou o projeto da Ley de Medios na Argentina; Blanca Josales, secretária de redes sociais do governo do Peru e Jesse Chacón, ex-ministro das Comunicações na Venezuela. Os palestrantes discutiram os contextos da comunicação em seus países e as perspectivas de consolidação da democracia a partir da desconcentração de poder na comunicação.

Loreti ressaltou que a vitória da regulamentação dos meios na Argentina teve uma forte participação da sociedade civil. “Houve uma grande demanda da população para que essa lei fosse construída e aprovada. Foram mais de 15 anos para elaborarmos e conquistarmos a democratização dos meios”. Segundo Loreti, a Ley de Medios argentina foi construída com consensos na sociedade e diálogo com o governo.

Dentre as mudanças trazidas pela regulamentação, destaca-se a desmonopolização: o atual limite de licenças para exploração dos serviços audiovisuais é de 24. Cada empresa poderá ter dez concessões em TV aberta ou a cabo, no máximo. Durante a exposição, Loreti mostrou o documento Radiodifusión democrática – 21 Puntos Por El Derecho a La Comunicación, criado em 2004, que fundamenta o projeto de lei dos meios aprovado.

Sobre a defasagem do Brasil em relação aos outros países sulamericanos, nesse processo de democratização, Chacón salienta que trata-se de uma atitude firme e urgente. Para ele, “é questão de o governo querer bancar esse custo político ou não”. Chacón e Loreti criticaram o argumento da grande imprensa – e predominante nas empresas de jornalismo brasileiras – de que regulamentar a mídia é censurá-la. “Essa é uma interpretação completamente distorcida da lei de meios. Estabelecer parâmetros democráticos e que garantam liberdade de expressão não pode ser chamado de censura”, diz Loreti.

Chacón apresentou um trabalho sobre as políticas da Venezuela quanto à comunicação e Internet, colocando em questão ideia de descentralização do poder na rede. “As redes sociais são plataforma para o dissenso e para a revolução? O Facebook tirou do ar uma convocatória de mobilização estudantil que lutava contra a privatização da educação”. Para Chacón, “atrás de toda a arquitetura informacional, há uma estrutura de poder”. Ele ressalta que revolução tecnológica e informacional não é revolução social e aprofunda a exploração, a exclusão e a dependência.

O ex-ministro das Comunicações venezuelano ainda comentou que a experiência que teve em seu país mostra o papel dos movimentos sociais e do governo na gestão das redes. “A Internet deve ser uma grande biblioteca para troca de vivências e conhecimentos”.

A peruana Blanca Josales, por sua vez, lembrou de um tema pouco abordado no Encontro Mundial de Blogueiros: o uso político e eleitoral das mídias sociais. Segundo ela, a campanha do presidente Ollanta Humala, então candidato, investiu na comunicação via redes sociais e estabeleceu contato direto com os eleitores. “Apesar da vitória na eleição, é preciso pensar no uso desses canais de comunicação durante o governo também”, afirma.

Ela aproveitou para anunciar o Encontro Latino-Americano de Comunicadores Digitais, a acontecer em julho de 2012, em Lima, no Peru. O evento deverá ter organização do Barão de Itararé e da Altercom.

O debate encerrou o ciclo de painéis do evento, contribuindo e subsidiando a discussão da regulamentação dos meios no Brasil. Além disso, foi possível conhecer experiências de países vizinhos, que compartilham a concentração e o monopólio, mas que deram um passo adiante na democratização da comunicação.

Barão de Itararé

Secretário Especial de Portos Leônidas Cristino é vaiado em Sobral

O Titular da Secretaria Especial de Portos, Leônidas Cristino (PSB) que há dez meses deixou a prefeitura de Sobral esteve no "Coração da Cidade" no útlimo final de semana. Leônidas (PSB) até falou o que queria falar, mas não ouviu o que desejava ouvir no último sábado (29) ao participar do Programa do Ivan Frota, no Beco do Cotovelo (foto).

O ex-prefeito Leônidas (PSB) ao falar sobre o episódio da “vaias” ao governador Cid Gomes (PSB) e ao se referir ao prefeito Veveu Arruda (PT) em vez de ouvir aplausos – algo que seria natural dos bequianos – escutou novamente “vaias” em meio ao público sobralense, que habita religiosamente o Beco do Cotovelo. A pergunta agora é: Até quando vai a manifestação de alguns descontentes com o atual momento político administrativo?

Sobral de Prima

(foto: Bené Fenandes)

METRÔ DE SOBRAL COMEÇA ERRADO

Além de muitos posicionamentos - contra e a favor - sobre a instalação do Metrô de Superfície em Sobral (Zona Norte) parece que a empresa executadora da obra, não conhece geograficamente a cidade.

A placa posicionada no cruzamento das Avenidas do Contorno com Pericenteral, localizada no Bairro Campo dos Velhos, está indicando que a estação é do Coração de Jesus, bairro em que o “trenzinho” está exposto.
É Sobral!!

Sobral de Prima

"MALDIÇÃO DO COCAR" NÃO PASSA PELA CABEÇA DE NINGUÉM

Há muito mais mistérios entre o céu e a Terra do que supõe nossa vã crendice, diria um político esperto como o “imortal” José Sarney, que jamais colocou o artefato indígena na cabeça temendo má sorte.

Lula nunca acreditou na lenda, tanto que em 1994, candidato à Presidência da República, aceitou o adorno de presente e perdeu para Fernando Henrique Cardoso. Enfim presidente, usou de novo em 2004, e logo em seguida estourou o escândalo dos Correios. Antes dele, o “senhor Diretas” dr. Ulysses também desafiou a chamada “maldição do cocar” e morreu pouco tempo depois num misterioso acidente de helicóptero. Tancredo Neves, candidato a presidente na abertura política, foi outro que ignorou a crendice popular, frustrando com sua morte o sonho de milhões de brasileiros. Até a falecida primeira-dama d. Ruth Cardoso escorregou e quebrou o braço, após colocar um cocar que ganhou de presente. Coincidência ou crendice, o cocar indígena tem uma longa história de “vítimas” na política brasileira. Com a inesperada doença de Lula revelada pelos médicos neste sábado (29), a “maldição” ressurge de novo desafiando Lula e agora também Dilma. Se, como diz outra lenda, Deus é brasileiro, e o velho ditado nacional nos assegura de que “só peru morre de véspera”, acreditar em “maldição do cocar” não passa pela cabeça de ninguém.

(Coluna do Claudio Humberto)

Dilma suspende por 30 dias convênios com ONGs

“Repasses de dinheiro público da União a entidades privadas sem fins lucrativos, como ONGs, estão suspensos a partir de hoje, até que seja atestada a regularidade da parceria, por meio de parecer técnico “devidamente fundamentado”. Só neste ano, mais de R$ 2 bilhões foram repassados a esse tipo de entidade – sem licitação, na grande maioria.

A devassa nos convênios foi determinada por decreto da presidente Dilma Rousseff publicado na edição de hoje do Diário Oficial. O decreto tenta conter desvios de verbas nesse tipo de contrato, como os que levaram à demissão do ministro do Esporte, Orlando Silva, na semana passada. A medida não atinge, porém, convênios que já tiveram o dinheiro liberado e encontram-se com as prestação de contas atrasadas ou não analisadas. Para substituir Orlando, foi escolhido o deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB -SP), que assume o cargo hoje.

Na edição do último domingo, O POVO mostrou que a falta de transparência por parte parte do governo, aliado a um processo muito simplificado de contratações, acaba facilitando o mau uso de recursos destinados a ONGs e outros tipo de associações.

Desde 2005, as entidades privadas sem fins lucrativos receberam um total de R$ 19, 2 bilhões da União para executar atividades que cabem ao Estado, de acordo com dados registrados pelo Tesouro Nacional e pesquisados pela ONG Contas Abertas. Desse pacote, fazem parte programas de atendimento de saúde à população indígena às polêmicas emendas parlamentares que destinam parcela do dinheiro público a obras de interesse dos políticos, como quadras esportivas ou obras de infraestrutura turística.

Relatório recente do Tribunal de Contas da União (TCU) mostra que, só no Ministério do Trabalho, há 500 convênios feitos com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) com as prestações de contas pendentes de análise.

No ano passado, em todo o governo, 2.780 entidades deixaram de apresentar a prestação de contas do dinheiro recebido da União. Outros 42.963 convênios ainda não tinham as prestações analisadas. O atraso nessa análise atingia, em média, seis anos e dez meses, segundo o TCU.

A ordem da presidente é que contratos com as entidades sejam revistos no prazo de até 30 dias. O dinheiro só voltará a ser liberado depois de um parecer técnico que ateste a regularidade da parceria com as ONGs e demais entidades sem fins lucrativos. Além do parecer técnico, a validação do contrato terá de contar com o aval do ministro de Estado da pasta que contratou a organização não-governamental.

Medidas duras

Se a regularidade não for comprovada em até 90 dias, o dinheiro já liberado terá de ser devolvido aos cofres públicos, por meio de um processo chamado tomada de contas especial. Além de ter de devolver os recursos, a entidade ficará impedida de celebrar novos convênios.

Exceções abertas pelo decreto beneficiam entidades que mantêm convênios regulares com a União por pelo menos cinco anos, com as prestações de contas devidamente analisadas e aprovadas. Também ficam liberados os repasses para programas de proteção a pessoas ameaçadas e do Sistema Único de Saúde (SUS). As exceções terão de ser justificadas por parecer técnico prévio.

Outro decreto, baixado em 16 de setembro, havia transferido aos ministros de Estado a responsabilidade de contratar entidades privadas sem fins lucrativos. (das agências)”

Lula revela receio de estar careca no Carnaval

“Passado o choque do diagnóstico, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva viveu neste domingo um dia de ansiedade, à espera da internação e do início do tratamento contra o câncer de laringe que começa nesta segunda-feira pela manhã. Evitou os amigos, mesmo os mais íntimos, e cercou-se da mulher, Marisa Letícia, dos filhos e dos netos.

Não perdeu o bom-humor e as tiradas que marcam sua trajetória. No sábado, ao ter a confirmação de que o tratamento contra o câncer pode fazê-lo perder o cabelo e a barba, reclamou, lembrando que terá em fevereiro, no carnaval, um compromisso inadiável: o desfile da escola de samba Gaviões da Fiel, do Corinthians, seu time do coração.”

(Globo)

Aldo assume posto de ministro hoje

O Deputado que trocou a foiçe e a inchada pela marquina eletrica, a pasta do esporte. Aldo Rebelo (PCdoB-SP) foi escolhido para assume nesta segunda-feira o Ministério do Esporte, com o desafio de limpar a imagem do PCdoB, afetada pelas denúncias que atingiram a pasta, que vem sendo comandada pelos comunistas desde o governo Lula.

tentando saber como é a situação em que se encontra o ministério, que até semana passada tinha à frente como Ministro Orlando Silva, Aldo aproveitou o fim de semana para começar a analisar contratos fechados com organizações não governamentais (ONGs) ligadas ao partido.

Por Jameson Igor

Movimento circense protesta contra Secult-CE

O movimento circense de fortaleza vai protestar contra o edital das artes que a Secretaria da Cultura do Estado pretende lançar em breve. A principal contestação do movimento, liderado pela Associação dos Proprietários, Artistas e Escolas de Circo do Ceará (Apaece), é que o valor destinado aos projetos circenses, já confirmado pela Secult, é bem inferior ao que a entidade já havia proposto para o novo edital.

A primeira manifestação ocorrerá nesta segunda-feira, a partir das 10 horas, na sede Secult (Cambeba). O segmento promete novas manifestações, incluindo um boicote do movimento circense ao edital. Enquanto a proposta da Apaece foi de R$ 680 mil, o que seria suficiente para atender minimamente às necessidades dos artistas circenses em todo o Estado, o valor do edital a ser lançado não deve passar de R$ 160 mil. Este valor chega a ser 20% inferior ao edital de circo lançado em 2010 e equivale a apenas 5% do valor do edital para projetos de audiovisual.

Blog do Eliomar


Deputado veste gravata rosa em alusão à campanha contra o câncer de mama

O deputado federal Artur Bruno(PT) viajou para Brasília, nesta madrugada de segunda-feira, fazendo uma homenagem à campanha “Outubro Rosa”, de caráter nacional e que procura conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção contra o câncer de mama.

O uso dessa gravata foi a forma que ele encontrou para externar seu apoio à causa.

Segundo Artur Bruno, é fundamental que as mulheres tomem consciência sobre essa doença que continua fazendo muitas vítimas no mundo.

(Foto – Paulo MOska)

Blog do Eliomar

domingo, 30 de outubro de 2011

Cassio lima será emposado no senado em 7 de Novembro

O ex-governador da Paraíba Cássio Cunha Lima (PSDB) obteve determinação ao seu favor no Supremo Tribunal Federal e será empossado no senado no próximo dia 7 de novembro.

Cunha Lima que foi barrado pela Lei da Ficha Limpa devido à condenação em 2006 que cassou seu mandato como governador por abuso de poder econômico nas eleições do mesmo ano.

Por Jameson Igor

Deputada Eliane Novais é delegada do PSB no Congresso Nacional da legenda

A deputada estadual Eliane Novais (PSB), foi mantida como delegada do Partido Socialista Brasileiro - PSB Ceará no Congresso nacional da legenda que acontecerá nos dias 2 e 3 de dezembro desse ano.

A deputada não compareceu ao congresso que aconteceu nesse domingo 30/11 mais foi mantida na lista dos delegados pela a sua luta dentro do partido por mais de 20 anos e por ser Vice-Presidenta Estadual do partido no Ceará.

Quem também compoe a lista dos 46 delegados é o suplente de senador e atual presiente do partido em Fortaleza Sergio Novais, que foi reeleito Presidente da legenda da capital no VI Congresso municipal em setembro desse ano.

Por Jameson Igor

Prefeita inaugura nesta 2ª feira o primeiro projeto do Vila do Mar

A prefeita Luizianne Lins (PT) vai inaugurar, às 11 horas desta segunda-feira, o Residencial Padre Hélio Campos, primeiro conjunto do Projeto Vila do Mar. O polo habitacional foi entregue a 264 famílias, cerca de 1.320 pessoas, residentes na área de risco da Travessa Muriaé, na Praia do Arpoador, no bairro Cristo Redentor. O Projeto Vila do Mar já erradicou três áreas de risco, do total de seis do Litoral Oeste de Fortaleza, segundo a assessoria de imprensa do Paço Municipal.

O Residencial Padre Hélio Campos é o primeiro conjunto habitacional dos quatro que estão em construção para o reassentamento de 1.434 famílias residente em Áreas de Preservação Permanente (APPs) e nas seis áreas de risco do litoral oeste de Fortaleza. Eles contam com urbanização, infraestrutura, água e luz adequadas, espaços de convivência, sistema viário adequado, acessibilidade, serviços essenciais de saúde e educação nas proximidades das unidades entregues.

Até o fim de 2012, serão 12.235 famílias beneficiadas com moradias através da Política Habitacional da Prefeitura de Fortaleza. E outras 8.757 com melhorias habitacionais. E tudo isto por meio de políticas sociais integradas.

VILA DO MAR

O projeto Vila do Mar, demanda aprovada no Orçamento Participativo (OP), tem investimentos da ordem de R$ 142 milhões, do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social e de parceria com o Governo do Estado de Ceará.

Blog do Eliomar

Diretor-geral do DNIT está em Fortaleza

O diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit), general Jorge Pinto Fraxe, está em Fortaleza. Desembarcou nocomeço da tarde deste domingo. Ele resolveu antecipar sua vinda que estava prevista para quinta-feira.
Nesta manhã de segunda-feira, o general Fraxe comandará reuniões na sede do Dnit, em Fortaleza. Em seguida, ao meio-dia, ele terá encontro com o governador Cid Gomes (PSB), no Palácio da Abolição, quando será tratado do projeto de ampliação do Anel Viário até a ponte da Sabiaguaba. Essa proposta é do deputado federal Danilo Forte (PMDB), que copnsidera importante tal intervenção para desafogar o tráfego da Capital.
Às 15 horas, o diretor-geral do Dnit irá à Secretaria da Infraestrutura do Estado, onde tratará de apoio a obra de recuperação de rodovias e possibilidade de o Estado assumir alguns dos trechos.

Blog do Eliomar

Vote Cataratas do Iguaçu para ser uma das sete maravilhas do mundo

Especialistas: queda de Silva reforça imagem anticorrupção de Dilma

A imagem da presidente Dilma Rousseff se reforça com a queda de mais um ministro - desta vez Orlando Silva, da pasta do Esporte, após acusações de desvios de dinheiro. A constatação é do diretor do instituto de pesquisas Sensus, Ricardo Guedes. "Entre as classes populares, Dilma Rousseff ganhou uma imagem positiva de combate à corrupção", afirma Guedes.
Silva foi o quinto ministro demitido em função de denúncias de irregularidades. Sua queda teve grande repercussão, em um momento em que o País não chega a um acordo com a Fifa por uma lei que define detalhes da organização da Copa do Mundo. Apesar dos escândalos, a popularidade da presidente não parece ter sido abalada. Pelo contrário, houve uma melhora, graças ao bom desempenho da economia e às ações do governo no combate à corrupção, segundo o diretor do Sensus.
Nos últimos meses, as principais cidades do Brasil foram palco de manifestações contra a corrupção, convocadas através das redes sociais. Dilma, vista pela população como menos tolerante à corrupção do que Lula, atingiu 71% de popularidade em setembro, contra 67% em julho, segundo pesquisa do Ibope, que revelou que a corrupção é o tema com o qual os eleitores mais se preocupam.
A queda dos cinco ministros - Nelson Jobim deixou a Defesa por ter criticado publicamente integrantes do governo - não afetou a presidente porque este é o seu primeiro ano de governo e porque ela "goza de popularidade e apoio político que compensa a instabilidade das renúncias", afirma Carlos Lopes, da consultoria Analise. Se as baixas se prolongarem, entretanto, a situação "ficará insustentável", advertiu.
"Até agora, a perda de ministros não afetou a governabilidade, porque a presidente conta com uma coalizão de partidos grande e forte e com uma oposição que não cresce, mesmo tendo ganhado um estímulo pontual durante as denúncias", acrescentou Lopes. A corrupção é apontada, entretanto, justamente em alguns dos partidos da coalizão, já que o PT conta com apenas 85 deputados dos 581 do Congresso.
"Sempre é a mesma estrutura: de um lado, políticos ou partidos aliados do governo que comandam um ministério, do outro, funcionários que ajudam a desviar fundos, e do outro, ONGs criadas para receber os recursos, que voltam ao partido ou ao político. E, no fundo, temos as eleições, que são caríssimas, e os partidos precisam de muitos recursos", diz Gil Castello Branco, secretário-geral da organização Contas Abertas. "Para que em um mês não voltemos a discutir a queda de um novo ministro, temos que modificar esse modelo", concluiu.
As demissões no governo começaram em 7 de junho, quando o poderoso ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, caiu após denúncias de enriquecimento súbito. Em julho foi a vez do ministro de Transportes, e sua queda foi seguida pelas do titular da Agricultura, em agosto, do Turismo, em setembro, e do Esporte, na quarta-feira. "Devemos estar alcançando um recorde mundial de ministros que caem por denúncias de corrupção em um período tão curto", calcula Castello Branco. O deputado Aldo Rebelo, do PCdoB, mesmo partido de Orlando Silva, foi anunciado pela Presidência para o Ministério do Esporte nesta quinta-feira.
Terra

Maria do Rosário repudia racismo de Arnaldo Jabor contra Orlando Silva #ArnaldoJaborRacista




Jabor destila racismo contra Orlando e é rechaçado no TwitterEm comentário na Rádio CBN, na última quinta (27), o cineasta e jornalista Arnaldo Jabor destilou todo o seu preconceito e anticomunismo ao comemorar a saída de Orlando Silva do Ministério do Esporte. "Finalmente, o Orlando Silva caiu do galho”, disse Jabor, ao iniciar sua fala na rádio. Além de associar, indiretamente, o ex-ministro a um “macaco”, o que se segue é uma saraivada de xingamentos gratuitos e raivosos contra Orlando, o PCdoB e a UNE. As declarações geraram reação nas mídias sociais.

Com a hastag #ArnaldoJaborRacista, os internautas cobravam um processo contra Jabor por racismo."Espero uma atitude imediata da justiça pq no Brasil Racismo é crime inafiançável #ArnaldoJaborRacista", postou a tuiteira @Marianna_UFRN .O presidente da Ubes, Yann Evanovick, também rebateu, em sua conta no twitter @YannUbes: "Jabor no Brasil de hoje representa o que tem de pior na sociedade. Isso é para os que acreditam que no Brasil não tem mais racismo. #vergonha".Até a ministra-chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência, Maria do Rosário, criticou o comentarista no microblog. "Quero repudiar veementemente a declaração racista do Arnaldo Jabor sobre o ex-ministro Orlando Silva. Isso é inaceitável!", escreveu.A entidade do movimento negro Unegro anunciou que lançará manifesto de repúdio às declarações de Arnaldo Jabor e exigindo sua imediata demissão, além de uma investigação do Ministério Público por crime de racismo. (Com informações do Portal Vermelho).
http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Blogueiros de todos os cantos do mundo reunidos em Foz do Iguaçu

Começam hoje os trabalhos do 1º Encontro Mundial de Blogueiros, que acontece em Foz do Iguaçu, na chamada “tríplice fronteira”, divisa do Brasil, Argentina e Paraguai. A abertura oficial do encontro ocorreu na noite de ontem, com a presença de blogueiros de todos os cantos do planeta. Ao todo, estão representados 32 países e 16 Estados brasileiros. E, como era de se esperar, a juventude marca presença ­— muitos deles, estudantes da Universidade Federal da Integração Latino-americana (UNILA).

Pelo que foi dito na abertura, podemos esperar um resultado promissor, tanto do ponto de vista das propostas, quanto na questão fundamental de ampliar a integração e o intercâmbio, cultural e de informações. Participam da abertura, entre outros, André Vargas, secretário de Comunicação do PT, Marcelo Catani, secretário de Comunicação do Estado do Paraná, Gilmar Piolla, superintendente de comunicação da Itaipu Binacional, e meu filho, o deputado Zeca Dirceu (PT-PR).

Matéria completa:http://www.zedirceu.com.br/index.php?option=com_content&task=view&&id=13632&Itemid=2

Cursos livres e a liberdade de informação na blogosfera



Alberto Perdigão - jornalista, editor do Blog da Dilma, participante do 1º Encontro Mundial de Blogueiros - E-mail: http://www.blogger.com/post-edit.g?blogID=8234920264562272789&postID=449107747707220412 - Twitter: @FalaPerdigao
“Blog já tem demais, o desafio agora é melhorar os conteúdos.” A frase, do colega jornalista e ativista do movimento dos blogueiros chamados progressistas Altamiro Borges, foi dita com a merecida ênfase, durante o Encontro de Blogueiros e Mídias Socias do Ceará, realizado em Fortaleza, em maio passado. Cinco meses depois, portanto, do Encontro Mundial de Blogueiros que acontece desde ontem (27/10), em Foz do Iguaçu (PR), com cerca de 500 brasileiros e estrangeiros preocupados com democratização da comunicação.

Outros palestrantes convidados pelo Instituto Barão de Itararé seguiram Miro naquela ocasião, e particularmente fiquei animado em saber que tinha mais gente pensando como eu. O tema esteve presente nos encontros realizados pelo movimento em mais de mais de 20 estados, antecedendo o congresso de Brasília. Mas o discurso ainda não encontrou a prática da militância, que cresce e se solidifica em todo o país e em todas as classes sociais, unida que está pelo desafio maior de democratizar os meios de comunicação.
Um desafio tem tudo a ver com o outro. Blogs podem sim ser instrumentos de informação e conscientização, de formação de opinião e de atitudes. A blogosfera deve, sim, ser uma novíssima esfera pública para problematizar, argumentar, elaborar consensos e deliberar, um ambiente de informação e expressão com capilaridade e conectividade que não se encontrarão jamais nos meios tradicionais e massivos.
Para construir este ambiente político por essência, é preciso primeiro ir na base – que, aliás, é o que sustenta qualquer construção. É necessário promover a formação básica em jornalismo da nossa militância para a prática do jornalismo cidadão. Cursos livres podem ser um bom caminho. Porque não basta informar, tem que informar bem, entendendo informação e expressão como complementos de um diálogo possível, o papel social do jornalista e o alcance político de uma notícia. Vou tentar argumentar um pouco sobre isso.
O Curso Livre passou a integrar a Educação Profissional, como Educação Profissional de Nível Básico, após a Lei nº 9.394 - Diretrizes e Bases da Educação Nacional. É a modalidade de educação não-formal de duração variável, destinada a proporcionar ao trabalhador conhecimentos que lhe permitam a reprofissionalizção, a qualificar ou a atualização para o trabalho. É simples, é fácil, é barato.
Este tipo de curso não é regulamentado, autorizado ou reconhecido pelo MEC ou por qualquer outro organismo público de educação, sendo livre sua oferta e sua organização, bem como a emissão de certificados. A entidade promotora do curso livre pode ser pessoa jurídica - escola ou não - ou pessoa física, que fica sujeita, então, ao reconhecido simbólico da sociedade e/ou do mercado.
Em cursos livres não é exigida do aluno escolaridade anterior, embora possam haver critérios de escolaridade para a seleção do interessado por parte da promotora; podem oferecer profissionalização rápida para variadas áreas de atuação no mercado de trabalho, dispensando a obrigatoriedade de seguir uma formação mais longa ou de nível superior (ex: informática, atendimento, secretariado, webdesign, webjornalismo).
Jornalismo cidadão é a mais nova modalidade de jornalismo que, apoiada no caráter pós-massivo da internet, inverte a lógica unívoca e autoritária do jornalismo praticado pelos meios de comunicação de massa tradicionais. No jornalismo cidadão é o leitor/telespectador/ouvinte – ou grupos deles - quem define o conteúdo informativo (pauta), quem o produz (notícia) e quem o distribui (veicula) de forma livre, aberta e gratuita.
Notadamente nas regiões mais ricas do planeta, com banda larga acessível e letramento digital favorável ao fortalecimento da “sociedade do conhecimento”, jornais, emissoras de TV e estações de rádio colaborativas captam e socializam conteúdos jornalísticos com amplidão de cobertura nunca antes alcançada pelas mídias tradicionais, e utilizando sites com número de acessos recorde e crescente a cada dia.
O exemplo serve também para regiões mais pobres, com alto o nível de exclusão digital, social e política, as quais podem usar blogs, de código aberto, que apresentam semelhante grau de utilidade e melhor nível de usabilidade. Podem, assim, substituir o jornal, que poucos podem comprar ou ler; às televisões, que não se pautam pelo interesse do território; e às rádios, sem condição financeira ou política para fazer o bom jornalismo.
Neste contexto, faz-se oportuno que a sociedade organizada, governos e organizações do terceiro setor interessados na democratização dos meios de comunicação se mobilizem, no sentido de oferecer cursos livres de formação básica de jornalismo para cidadãos que atuam como blogueiros, prestando assim um serviço de alta relevância política e de grande alcance social nos territórios e para toda a blogosfera.
Afinal, cidadãos comuns podem usar as redes sociais como meios livres para a circulação da informação e do poder, como canais de contra-informação e de contrapoder, para se conectar e se inserir, para decidir e protagonizar em rede, para se fortalecer na cidadania ativa e na democracia participativa. Afinal, o avanço da tecnologia da informação e comunicação deve servir também a um avanço político e ao desenvolvimento das pessoas.

Reitora da Universidade do Parlamento Patricia Saboya da lingua para professores


A Ex-Senadora pelo Ceará, Patricia Saboya foi filmada dando língua para professores em uma manifestação em frete de restaurante. Os manifestantes chamavam a Reitora de traidora por ter votado contra os Professores, dando voto a favor da mensagem governamental enviada para Assembleia Legislativa do Estado.

A deputada tem chamado atenção da mídia ultimamente por sempre está nos microfones da Assembleia legislativa criticando sua colega de bancada a Deputada Estadual Eliane Novais (PSB) chamando a Deputada de Fraca e truculenta, defendendo seu Ex-cunhado o Governador Cid Gomes(PSB).

A Deputada Patricia, eu acho que ela sofre de franca memoria, pois eu tenho a plena certeza que ela que é franca. Que ver? vamos lá, a Deputada Eliane, em 2008, foi a segunda vereadora mais votada do partido. Em 2010 foi eleita deputada estadual, sendo também uma das mais votada.

Já a Ex-Senadora, em 2010 foi candidata a deputada estadual, porque sabia que não seria reeleita ao senado. Levou três belas pizas como candidata a Prefeitura de Fortaleza, duas delas foram dadas pela a atual prefeita de fortaleza Luizianne Lins (PT). Agora você tira sua propria conclusão. Quem é franca das duas Eliane Novais ou Patricia Saboya?